1ª etapa – Avaliação inicial 

No primeiro encontro, o paciente deverá relatar suas queixas, sintomas e histórias relevantes. A psicóloga examina todas as áreas da vida desses indivíduos ou famílias. Assim, são definidas metas.

2ª etapa – Resolução de metas de acordo com o nível de dificuldade

 A partir dessa avaliação, serão realizadas as terapias baseadas nas vulnerabilidades e fatores que desencadearam os problemas. A partir do plano elaborado pela terapeuta, são inicialmente cumpridas as metas mais fáceis, até que cheguem às mais difíceis.

3ª etapa – Mudanças de pensamento e comportamento

Por ter curta duração, o processo terapêutico exige que o paciente esteja comprometido a cumprir com as metas estabelecidas. E o maior desafio costuma ser a flexibilização cognitiva. Assim, no nível de pensamento, emoções e comportamento, é realizado o trabalho de mudança com as técnicas da TCC.

4ª etapa – Manutenção de conquistas e prevenção de recaídas

Essa parte é essencial para que os conflitos não sejam retomados. Assim, o trabalho terapêutico deve ser constante de modo a evitar recaídas e manter aquilo que foi conquistado até o momento.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?